Casal é morto a tiros em discussão de trânsito na zona Sul de Porto Alegre

Casal é morto a tiros em discussão de trânsito na zona Sul de Porto Alegre

Na Ecosport haviam duas partes, um rapaz de aproximadamente 30 anos e uma mulher de 50 anos

Uma guarnição da Brigada Militar foi despachada  para comparecer na Estrada do Varejão, 3099, Lami, referente a um tiroteio, onde teriam feridos e mortos.

No local se constatou serem duas partes em óbito e uma baleada. Foram identificadas as vítimas em óbito RAFAEL ZANETTI SILVA, 46 anos, alcunha “ALEMÃO“, (com antecedentes), alvejado na boca e cabeça e a esposa FABIANA DA SILVEIRA INNOCENTE SILVA, 44 anos (com antecedentes), alvejada na cabeça.

O filho do casal GABRIEL DA SILVEIRA INNOCENTE SILVA, 20 anos (sem antecedentes), alvejado no pescoço e cabeça, foi socorrido pela SAMU, vindo a óbito no deslocamento ao HPS. O local foi isolado para perícia.

Os três indivíduos mortos estavam no veículo Citroen/C3 Aircross, cor branca, placas ORN1J38, juntamente com outro filho do casal de 08 anos e a nora VICTORIA BASSANI, 18 anos (sem antecedentes), que testemunhou o fato.

A briga ocorreu após uma colisão entre o Citroën e uma Ford EcoSport, o condutor deste último teria ficado alterado e após seguir a família por alguns metros, cortou a frente do Citroën, forçando a parada. O condutor da EcoSport desceu, sacou a arma que levava consigo e disparou contra Rafael e os demais ocupantes do veículo.
O outro filho do casal, de 8 anos, e a namorada de Gabriel, que também estavam no carro, não sofreram ferimentos.

Na Ecosport haviam duas partes, um rapaz de aproximadamente 30 anos e uma mulher de 50 anos, o qual acredita ser mãe e filho, esse rapaz alvejou as vítimas, retornou ao veículo e fugiram em direção a Sapolândia.

Fonte:  Reprodução Grupos de WhatsApp.

3 comentários

Posts Carousel

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

3 Comentários

  • Itamar
    27 de janeiro de 2020 , 15:09

    Antecedentes?
    Assim jogados ao léu, parece que dá a impressão de atenuante ao homicida, autor de homicídios dolosos.
    Qualquer delito de pequeno potencial, representa antecedentes, nem por isto representa periculosidade.

    RESPOSTA
  • Isabel
    27 de janeiro de 2020 , 18:24

    Não entendi a parte de colocar se as vítimas tinham ou não antecedentes, já que foi uma pessoa sem antecedente que pôs fim a vida de 4 pessoas, sim 4 porque como estará a cabeça da pobre criança que viu sua família ser morta dessa forma. Me pareceu imparcial e tendenciosa a maneira que a notícia foi postada.

    RESPOSTA
  • Anderson Silveira
    27 de janeiro de 2020 , 19:50

    Lendo assim essa reportagem, parece que o "atenuante" representa uma desculpa para o "pobre rapaz" de 30 anos, inocente e sem atenuante, poder ceifar a vida de uma família inteira da face da Terra. Mídia sendo mídia.

    RESPOSTA

Últimas Noticias

Top Authors

Comentados

Outros Videos