Identificado homem que morreu atropelado por composição.

Identificado homem que morreu atropelado por composição.

Foi identificado.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) identificou o homem que morreu após ser atropelado por uma composição da Trensurb, na manhã desta quinta-feira (27). O caso ocorreu nas proximidades da Estação Unisinos, em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Gleuber Rodriguez da Silva, que completaria 25 anos em dezembro, era natural de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Estado, e morava em Porto Alegre.

A Trensurb informou que a vítima não era funcionária da empresa. Por conta do trabalho da perícia, os trens operaram em via única entre as estações São Leopoldo e Unisinos. O sistema já foi normalizado.

Fissura nos trilhos:

Mais cedo, os usuários tiveram problemas para andar de trem. Uma fissura nos trilhos entre as estações Aeroporto e Farrapos fez com que as composições andassem em via única. Os intervalos chegaram a 25 minutos. Conforme a empresa, o problema já foi resolvido.

A Trensurb explicou por meio das redes sociais que “uma grande queda de temperatura, de forma brusca, como a que ocorreu de ontem para hoje, pode gerar tensão suficiente para que surjam trincas nas soldas entre os trilhos ou até mesmo nos próprios trilhos”.

Fonte:Agência GBC.

Posts Carousel

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas Noticias

Top Authors

Comentados

Outros Videos