Carlos Bolsonaro cobra Uber por motorista que teria se negado a fazer corrida. Leia mais:

Carlos Bolsonaro cobra Uber por motorista que teria se negado a fazer corrida. Leia mais:

Filho do presidente e vereador pelo Rio de Janeiro pediu providências à empresa de aplicativo de transporte por cancelamento de corrida.

 

O filho do presidente e vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSC), cobrou nesta terça-feira (2) providências da empresa de aplicativo de transporte Uber pelo suposto cancelamento de uma corrida, com mensagens expostas em suas redes sociais. De acordo com Carlos, o motorista teria cancelado o transporte solicitado por um usuário com a seguinte mensagem: “Não levo Bolsominion, abraço”.

Motorista de aplicativo não aceitou fazer a corrida.

Carlos pediu que sejam tomadas providências e disse que um motorista com esta postura “pode oferecer riscos” à empresa e aos passageiros. Ele afirma ter recebido a foto da tela de um smartphone como uma “denúncia” e por isso cobrou um retorno da companhia. A mesma imagem foi compartilhada em outros perfis nas redes sociais.

“Diante do exposto solicito a @Uber_Brasil que tome providências pois um motorista com esta postura pode oferecer riscos à empresa e aos usuários da mesma. Acabo de receber esta denúncia e gostaria, se possível de algum retorno caso seja interesse da credibilidade da uber”, escreveu.

 

Até a publicação desse texto, a Uber ainda não havia pronunciado.

Fonte:Gaúchazh.

Posts Carousel

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas Noticias

Top Authors

Comentados

Outros Videos