Homem é preso após aplicar golpe no Auxílio Emergencial e faturar R$ 2 milhões

Homem  é preso após aplicar golpe no Auxílio Emergencial e faturar R$ 2 milhões

Um morador de Canoas foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF) nesta segunda-feira (3). Ele e mais três presos são investigados por lesar em R$ 2 milhões mais de 3 mil beneficiários do Auxílio Emergencial. As prisões foram por posse ilegal de arma de fogo e de drogas durante o cumprimento de mandados de busca no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Além de Canoas, as outras três prisões foram em Jurerê Internacional, em Florianópolis, Santa Catarina. No total, seis pessoas são investigadas pela PF. Durante as ordens judiciais, foram apreendidos R$ 60 mil e documentos que podem auxiliar na comprovação da fraude.

Como funcionava o golpe

De acordo com a investigação, o mentor do esquema, atua com informática e fez todo cadastramento irregular. Ele foi preso em casa, na praia de Jurerê. Natural de Palhoça, o suspeito é estudante universitário em uma faculdade de Comunicação Visual em SC. Além disso, recebia o auxílio emergencial.

A investigação começou após a apreensão da Brigada Militar de Taquara, de uma lista de CPFs de pessoas que teriam o direito de receber o auxílio emergencial, além de e-mails e senhas com indicação de saques e valores.

Os criminosos, segundo os policiais, obtinham documentos de potenciais beneficiários ao compilar CPFs de potenciais vítimas, criando e-mails, sempre com a extensão yandex.com, e cadastrava tudo no site da Caixa Econômica Federal com o objetivo de receber os valores de forma indevida através da criação de contas bancárias. A PF diz que foi verificado o pagamento de inúmeros boletos com depósitos — com dinheiro dos beneficiários — feitos diretamente nas contas dos golpistas.

As vítimas que tiveram valores desviados pelos golpistas são, a maioria, do RS, mas também do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Fonte GBC

Posts Carousel

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas Noticias

Top Authors

Comentados

Outros Videos