Com Covid, 23 guarda-vidas estão afastados do salvamento no litoral norte

Com Covid, 23 guarda-vidas estão afastados do salvamento no litoral norte

Como em em outras áreas da nossa rotina durante a pandemia, o aumento do número de casos de Covid-19 também afeta o veraneio nas praias do Litoral Norte.

Conforme o tenente-coronel Isandre Antunes, chefe de operações do Corpo de Bombeiros, “estamos, até o presente momento, com 23 guarda-vidas afastados por Covid”.

Hoje são 748 profissionais atuando na prevenção e salvamento nas praias do Litoral Norte. Ainda segundo Antunes, o reflexo desse afastamento impacta no trabalho em 20 guaritas de várias cidades da região.

Os grupos atuantes se dividem na atenção através de equipes volantes, a pé ou em quadriciclos. O alerta é para que os banhistas procurem as áreas atendidas pelos guarda-vidas.

Para não afetar o comprometimento do trabalho, Antunes destaca que toda alteração segue um planejamento prévio. “Temos em cada balneário guaritas que são eleitas para desativação em caso de problemas com o efetivo, incluindo a Covid-19. São levadas em consideração o número de ocorrências, prevenções, fluxo de pessoas. Estas guaritas já têm um plano de ativação ou desativação no caso do comprometimento do efetivo”, detalha.

Sobre o retorno desses profissionais ao salvamento, o tenente-coronel diz que um esforço tem sido feito. “O número de afastados oscila à medida em que eles vão retornando ou eu tenho condições de alterar horários dos postos de salvamento”, informou.

Fonte Jornal NH

Posts Carousel

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Últimas Noticias

Top Authors

Comentados

Outros Videos